Área do Integrador

NotíciasAfinal, como escolher o melhor sistema de automação residencial?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Conheça os principais fatores para escolher o melhor sistema de automação residencial para iniciar o seu negócio!

Como abrir uma empresa de automação residencial?

Os primeiros passos para um modelo de negócio são determinantes para que um investidor teste suas hipóteses, valide-o e prossiga seu empreendimento. Este é o script que muitas empresas – como startups – seguem, frente às diversas incertezas que encontram.

Não obstante, muitos negócios fracassam pois não conseguem encontrar o formato apropriado para suas soluções, demonstrando valor real ao seu consumidor.

Afinal, construir empreendimentos sustentáveis depende diretamente de um produto que inspire o desejo, conquiste a confiança do cliente, convirja em compras recorrentes.

No mercado de casas inteligentes, o cenário não é muito diferente. Após tomar a iniciativa de ser tornar um integrador de smart home, é preciso decidir qual o melhor sistema de automação residencial para seu negócio.

Diante de tantos fabricantes de sistema de automação residencial, o que é preciso levar em conta para optar pela solução tecnicamente completa e comercialmente viável?

Nesta postagem, mostramos os fatores determinantes para escolher o sistema de automação residencial mais apropriado para o seu sucesso!

5 pilares de automação residencial: o que é isto?

Cinco Pilares de Automação Residencial

Sem dúvidas, o principal fator a ser observado na escolha do sistema de automação residencial é se ele dispõe dos cinco pilares essenciais em Domótica.

Para ser considerada uma solução de smart home completa, ela deve fazer o gerenciamento de todos os sistemas residenciais. Ou seja, ter habilidade para automatizar iluminação, segurança, áudio e vídeo, climatização e motorização de cortinas.

Poucos fabricantes no mercado nacional atingiram este nível técnico de automação. Estas soluções – em geral, cabeadas – possuem diversos métodos de comunicação entre centrais e aparelhos, processamento em nuvem e ampla rede de dispositivos para ambientes.

Com estes recursos, a oferta é muito mais significante para o cliente, que pode personalizar totalmente seu projeto e economizar por várias maneiras.

Já abordamos como a sustentabilidade compõe os valores essenciais em Domótica. O sistema de automação residencial ideal deve combater o desperdício de energia, pelo funcionamento autônomo de sensores, dimerização e periféricos.

Lembra quando falamos da importância do fit ideal do produto para a sobrevivência de um negócio na introdução?

Optar por um sistema de automação residencial completo capacita o integrador a construir tanto projetos integrados quanto simples, restrito a poucos sistemas.

Assim, seu serviço pode alcançar clientes com diferentes orçamentos, de construtoras até pequenas residências pessoais!

Por fim, ressaltamos que este também é um diferencial para explorar nichos do mercado de automação. Lembramos alguns deles e seus respectivos interesses, para ficar de olho nos próximos anos:

  • Automação corporativa, com foco em climatização;
  • Condomínios, como foco em iluminação externa;
  • Hotéis e pousadas, automação de toldos e bombas hidráulicas.

Interfaces do sistema de automação residencial

Interfaces do Sistema de Automação Residencial Minibox Wi-Fi

O controle de automação é um fator essencial para que o usuário se adaptem a todos os recursos de casas inteligentes. Por isso, é essencial analisar quais interfaces de automação uma solução oferece ao usuário final.

As interfaces são os instrumentos de requisições e ordens de um sistema de automação residencial, para o gerenciamento de recursos de uma smart home.

É impossível pensar que qualquer projeto será bem sucedido, se não transparecer segurança e confiabilidade. Contar com boa usabilidade é essencial para que os comandos sejam executados com perfeição, em uma curva de aprendizado curta.

Lembre-se: nem todos os usuários se adaptam da mesma maneira à utilização das interfaces de automação. Cada um possui demandas de funcionalidade ou limitações físicas no comando de uma automação.

Um exemplo claro são os idosos e portadores de necessidades especiais, um público com visibilidade crescente no setor de tecnologia. Tanto que nosso segmento está concebendo a noção de automação assistiva, específica para estes públicos.

Portanto, prefira um sistema de automação residencial que integre múltiplas opções de controle!

Hoje, as soluções de casa inteligente vão muito além de painéis e mesmo dos aplicativos mobile para tablet e smartphone. A mais nova interface touchscreen são os relógios inteligentes, como Apple Watch, que também executa comandos por voz.

Destacamos também os assistentes de voz inteligentes, a inovação em interface mais significativa dos últimos anos. Estes gadgets utilizam múltiplos microfones para reconhecer usuários e comandar equipamentos instalados em casa.

Capacidade de automação wireless

Sistema de automação residencial wireless

A automação wireless é tecnologia que definirá os novos negócios em smart home dos próximos anos – talvez em definitivo.

Muitos integradores estão optando por esta solução, por serem produtos rentáveis e de oferta agregada ao consumidor.

O modelo de sistema de automação residencial sem fio, favorece a criação de projetos “enxutos”, que beneficiam consumidores e integradores simultaneamente.

Devido à sua flexibilidade, estes sistemas não demandam processos caros para sua instalação física. As soluções possuem processamento centralizado, com instalação simples, baseada em centrais wireless e dispositivos alimentados a bateria.

Todo o processo de integração da rede de dispositivos se torna bastante simplificado, pois são utilizados métodos conectáveis, como o código QR. Basta reconhecê-los no aplicativo e instalá-lo junto aos demais sistemas de casa!

Além da configuração rápida – o serviço é feito em um só dia -, este modelo é comercialmente excelente, por ser expansivo e customizável.

Por exemplo, um cliente iniciante, que aposta em uma smart home restrita, pode expandir sua automação ao comprovar o retorno sobre o investimento.

Assim, os integradores podem gerenciar clientes com longo tempo de vida, lucrando cada vez mais com novas instalações ao sistema inicial!

Pelo lado do cliente, o benefício está principalmente no baixo preço de entrada e que não demanda gastos elevados com obras – custam cerca de 1% da infraestrutura de obra.

Dispositivos e inteligência local

Dispositivos de automação

Observar a qualidade dos dispositivos é determinante, principalmente para mensurar a capacidade autônoma de seu sistema de automação residencial.

Tenha em mente que a habilidade de uma solução complexa, corresponde a sua chamada inteligência local. Este princípio corresponde ao auto-gerenciamento do sistema, a partir da percepção das mudanças nos ambientes, processamento e geração destes dados.

No entanto, é preciso um verdadeiro “trabalho em equipe” inicial desempenhado pelos dispositivos. No nível de captação, os sensores de presença e luminosidade fazem este serviço, enquanto os atuadores e interfaces sensoras habilitam cenas.

Temos também módulos que ajustam cargas elétricas (relés e dimerizadores), individualizam dispositivos (endereçamento) e exclusivos para canais de áudio e vídeo. São dezenas de aparelhos em um sistema de automação residencial!

Com todos estes aparelhos, o mais importante é que o integrador prefira fabricantes que ofereçam suporte e tempo de garantia apropriado. Estas duas vantagens, resguardarão o seu negócio de eventuais problemas com manutenção e empresas de baixa qualidade.

Não menos importante, observe se estas soluções contam processamento em nuvem e segurança de informação relacionada. Toda a tomada de decisão a partir de dos dados é feita nesta área, então se atente às atualizações de firmware e aplicativos.

Conclusão

Instalando sistema de automação residencial

Escolher seu primeiro sistema de automação residencial é uma tarefa complexa, pois é o ponto inicial para que seu modelo de negócio prospere.

Porém, esperamos que suas principais dúvidas estejam esclarecidas e que tenha percebido a importância de escolher uma empresa fabricante que demonstre confiança e que contribua para seu crescimento técnico e comercial.

Além disso, é muito importante contar com uma solução que valorize a sua diferenciação enquanto profissional. Segundo a Associação Brasileira de Automação Residencial, já somos cerca de 700 empresas e milhares de integradores.

Embora estamos longe da saturação de profissionais, desde já, que tal contar com uma linha que permita explorar os diversos segmentos residenciais, de forma personalizada e prática?

Interessado em começar na automação? Conheça mais neste link sobre o sistema de automação residencial Minibox Wi-Fi.



Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Empresa Beneficiada pela Lei de Informática nº 8248/91
Nossa Politica é : “Fornecer produtos que satisfaçam os requisitos dos clientes e do sistema de gestão da qualidade comprometidos com a sua melhoria contínua”.

r.ramos