Área do Integrador

NotíciasControle de iluminação: 3 dicas para atingir o sucesso com automação!

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Saiba como o controle de iluminação automatizado pode valorizar seus projetos de automação e facilitar a vida do seu cliente

Não existe nada melhor do que descansar em uma bela casa confortável!

Cuidar da decoração de casa há algum tempo se tornou um hobby de muitas pessoas. Escolher luminárias e adereços que combinam com nossa personalidade é a melhor maneira de exprimir ideias e alcançar a comodidade.

Mas, você já refletiu o quão importante é o papel da iluminação no alcance destes objetivos?

O projeto luminotécnico atual vai além do cálculo de distribuição adequada de luminância para cada ambiente. Com os gastos crescentes com eletricidade, economizar é um fator essencial para sustentabilidade, tanto do ponto de vista financeiro quanto ecológico.

Por outro lado, as novas tecnologias domóticas permitem que moradores usufruam do potencial de controle de iluminação, por meio da automação residencial.

Se os benefícios da Domótica incluem mais qualidade de vida ao usuário, os profissionais têm muito a ganhar com eles. As soluções chegaram para valorizar seu serviço de instalação, abrir novos mercados e criar mais vendas ao segmento de iluminação.

Mas, como escolher o melhor sistema para o controle de iluminação? O que deve ser levado em conta para tornar a iluminação mais efetiva em desempenho energético?

Nesta postagem, mostraremos três fatores que todo integrador de iluminação precisa observar ao escolher sua automação.

Escolha a solução de automação apropriada

Controle de iluminação por cena em sala

Ao decidir pela solução para projetos luminotécnicos, avalie primeiro sua extensão de recursos em relação ao perfil do seu cliente.

Quanto você conhece sobre o público-alvo de seu modelo de negócio?

Lojas e boutiques de iluminação certamente têm perfis de consumidores muito diferentes, sobretudo em capacidade de orçamento e demandas.

O primeiro passo é saber qual é o nível de automação exigido pelo cliente. Hoje, automatizamos todas as funcionalidades de imóveis – climatização, áudio e vídeo, segurança – agregadas à iluminação, por um custo relativamente baixo.

Isto deve ser pesado, junto aos critérios técnicos de instalação, como dimensões do espaço, avaliação do projeto elétrico e arquitetural do imóvel. Avalie e dê preferência àquele modelo mais eficiente à performance no controle de iluminação do seu usuário.

Atualmente, as soluções são diferenciadas em metodologias de rede cabeada ou wireless.

As plataformas cabeadas são ideais para luminotécnica de alto padrão e projetos extensos – acima de 150 m². Utilizam dispositivos e cabeamento de dados, instalados diretamente em campo ou quadros de distribuição de módulos controladores.

Em termos de controle de iluminação, a eficiência destes é enorme. São resistentes à descargas e são integrados à recuperação energética, para funcionamento ininterrupto.

Além disso, é comum que estes sistemas dividam o gerenciamento de cargas elétricas para módulos de canais independentes de relés e dimerização. Logo, cargas de contato seco de diferentes tensões são integrados a um mesmo dispositivo ou múltiplos.

Este método traz mais segurança e controle, permitindo a integração de outras funções como equipamentos hidráulicos, cortinas motorizadas e calefação!

Em outra mão, a automação wireless traz capacidades similares, feita através de módulos autônomos instalados em tomadas e pulsadores. Desta forma, o custo de instalação é reduzido e oferece os mesmos recursos de controle de iluminação remota.

Instale sensores corretos em seu projeto

Sensor de movimento para controle de iluminação

É impossível pensar em iluminação inteligente, se o sistema não conseguir “sentir e agir” sobre os acontecimentos do ambiente.

Os sensores são os periféricos que iniciam toda a “mágica” da automação residencial. Estes dispositivos captam as grandezas ambientes – por exemplo, insolação e temperatura – e transmitem-nas em formas de dados para controladores do sistema.

Podemos dividi-los em três categorias, de acordo com sua forma de captação.

  • Sensores fotossensíveis;
  • Sensores infravermelho de movimento;
  • Sensores ultrassônicos de presença.

Os sensores de luz são fabricados com fotocélulas formadas por junções de diversos tipos de material, como silício. Funcionam através da detecção de iluminância em sua superfície, transformando sinais luminosos em elétricos.

Por sua vez, os sensores de movimento funcionam por emissão ativa ou fotodetectores de infravermelho (PIR). Os dispositivos auxiliam no controle de iluminação, ao detectar a presença de moradores em um ambiente, pelo infravermelho emitido pelo seus corpos.

Outros modelos, considerados como sensores de presença, utiliza ultrassom para identificar pessoas em ambientes. Estes equipamentos usam transdutores que emitem raios de alta frequência e calculam sua reflexão, antes de controlar a iluminação do imóvel.

E não há apenas estas opções disponíveis no mercado! Existem também sensores para medição de temperatura, umidade e vibração de ar.

Em relação ao custo-benefício, quanto maior o investimento empregado nestes recursos, melhor serão os resultados em precisão. Geralmente, os sensores mais baratos custam de 30 a 60 reais, mas existem sensores de vento importados com preços mais elevados.

Fica a cargo do integrador escolher os melhores sensores, mais adaptada às características estruturais do imóvel, fatores externos e a utilização dela por seus moradores.

Utilize interfaces de controle de iluminação efetivas

Interface de automação em tablet

Se você quer que seu projeto luminotécnico seja um sucesso, então não economize esforços para oferecer a melhor experiência de controle de iluminação.

Não existem mais desculpas para entregar serviços de baixa utilidade ao consumidor, sem opções intuitivas de comandos.

Atualmente, já existem soluções de automação residencial que utilizam até sete maneiras diversas de controlar um imóvel!

Caso esteja acostumado a entrevistar seus clientes, saiba que está no caminho certo. Esta prática evita gastos elevados no orçamento e as temidas alterações de projeto, pois permite conhecer os problemas e necessidades de usabilidade dos clientes.

Além disso, saiba quais são os principais queixas deles quanto às interfaces touchscreen.

É possível aperfeiçoar esta experiência através de softwares de personalização de interfaces, criando aplicativos com design customizados. Soluções mais avançadas oferecem estes programas aos seus integradores, muitas vezes, gratuitamente.

Estes programas possuem opções de sliders e interruptores virtuais, cenas de automação e agendamento, tornando a experiência mobile muito mais fácil.

Não menos importante, identifique e saiba como as interfaces podem beneficiar seu cliente e suprir suas limitações.

O maior atrativo dos sistemas domóticos é a autonomia dada ao usuário. Por conta disso, elas também são uma ótima ferramenta para melhorar a acessibilidade em casa.

Especialmente no controle de iluminação, a Domótica auxilia na redução de deslocamentos dentro de ambientes. Este é um fato importante não só para o conforto dos clientes, como um benefício para consumidores idosos e especiais, por exemplo.

Existem hoje opções mais contextuais as limitações do consumidor, como gadgets de automação por voz.

Por último, verifique se sua solução é flexível em relação à periféricos, como interruptores inteligentes. Escolher sistemas com atuadores e pulsadores de qualidade e abertura à interfaces de outras marcas contribui para sua capacidade de diversificação e preço.

Conclusão

Controle de iluminação dimerizada em cozinha

Nesta postagem, demonstramos que o controle de iluminação inteligente é a melhor maneira de aliar economia e conforto ao morador.

Entretanto, mostramos como a falta de um projeto centrado no usuário e de uma solução completa, pode prejudicar o seu negócio. Em um serviço importante como a Luminotécnica, você precisará de segurança, praticidade e suporte de qualidade ao seus projetos.

Se você está pensando em entrar neste ramo, não há momento mais oportuno. O segmento industrial eletroeletrônico está com bom crescimento em 2018, segundo a Abinee. A expectativa é que a indústria retome de vez seu alto nível de serviços do início da década.

Para isso, nada melhor do que começar com um serviço já diferenciado, integrado com as novas tecnologias de gerenciamento de casa. A automação residencial, é, sem dúvidas, a solução de ponta para agregar valor líquido aos seu modelo de negócio em iluminação.

Interessado em saber mais? Conheça nossas soluções de automação clicando neste link.



Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Empresa Beneficiada pela Lei de Informática nº 8248/91
Nossa Politica é : “Fornecer produtos que satisfaçam os requisitos dos clientes e do sistema de gestão da qualidade comprometidos com a sua melhoria contínua”.

r.ramos